Donna Pepper 🌶️


Eis a Donna... 
Bom,  esta sou eu. E o que dizer sobre mim? Tarefa nada fácil falar de si mesma, ainda mais quando prefiro "aparecer", apesar de ser uma pequena  blogueira. Mas, vamos lá! Vou tentar me descrever.
Estreei neste mundo em 1978 sob o signo de Áries co acendente em Leão; casada há 12 anos, apreciadora de vinho, café, chocolate e uma boa praia, eterna enamorada pelo surf, mãe de uma prole  😁 de 4 lindas 👧👧👦👶 ''crias'', gatófila desde que me entendo por gente (Odina e Eva são meus xodós 😻😽) Dona de casa em tempo integral, ainda consigo encontrar um tempinho pra brincar de blogueira entre uma tarefa doméstica e outra.
Ah, esta foto não é recente viu amores! Foi tirada em maio/2015 em um ensaio de pin ups que participei durante uma exposição de carros antigos que acontece na Luz em São Paulo, todo primeiro domingo do mês.
Minha relação com o universo o vintage e retrô, são simplesmente compostos do mais puro amor e fascinação.
Não tenho o costumo de viver ''montada'' no look, ou como dizem por aí, fantasiada; nem tenho a pretensão de me achar uma expert no assunto. Me considero mais uma exploradora curiosa e apaixonada pelo estilo, uma amante anônima a moda antiga. Amo filmes antigos, livros de romance então, OMG! Sou maluca por eles. Fico completamente encantada  com a história e como era vida no passado. Minhas décadas inspiradoras são de 30 a 50, e ultimamente tenho dado mais uma chance ao estilo groovy dos divertidos anos 70, para que me conquistar de vez.


Por que Donna Pepper?

Donna, porque além dos motivos óbvios impressos em meu RG, de uns tempos pra cá as pessoas têm me chamado assim; Dona Cíntia, o que forçou a ficha a cair (40tinha está vindo, óhhh céus!!), e Pepper porque além de ser um condimento que faz parte quase 100%  nas minhas refeições (almoço e jantar/quitutes salgados), as vezes sou fogo! 😉
Além destas, a razão de ter escolhido me apresentar com um nome fictício ou alcunha, para os mais clássicos (rsrs), foi para que eu pudesse criar um personagem e assim escrever sobre minhas impressões não somente sobre a proposta do blog, como também naqueles  momentos que queremos falar a quem possa interessar, e de quebra ainda posso fazer de conta que sou uma pin-up, digamos, já nem tâo jovem assim, porém jovial, ao estilo das ''pin ups housewife''. 
"Je m'appelle" Cíntia, nasci numa cidadezinha do interior paranaense chamada Paranavaí sou a caçulinha de papai e  mamãe - A Sétima Filha - ou, como costumo dizer: '' A última delícia do casal Carvalho'' (rs).
Cresci ouvindo minha mãe dizendo: ''essa menina é fogo na roupa'' (risos), ''eita pimenta malagueta!''. Parece que a pimenta sempre fez parte da minha vida: Uma vez comentei aqui que minha mãe me ensinou comer pimenta com arroz e feijão desde muito pequena. Eis a razão da ''Pepper'' ! 
Quem sabe quando chegar aos 5.0  e espero  estar firme, forte e ainda ''online'',  eu incorpore o Vintage ao Pepper, serei uma ''pimenta em conserva'' autêntica!  ツ . Além disso, se tudo evoluir conforme desejo, a Donna Pepper pode vir a ser uma marca de produtos bem estilosos... 

É isso pessoal, a ''Dona da casa'' que resolveu se arriscar no mundo véio sem porteiras dos blogs, pode surgir a qualquer momento entre um post e outro, assinando artigos levemente apimentados.
Um grande beijo a todos e obrigada pela atenção.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário